Buscar
  • Sara Pozzato

Permitir-se!

Permitir-se. Essa é a palavra que guia a jornada de Juan em sua busca por autoconhecimento e aceitação. Negro, morador da periferia, Juan enfrenta muitos desafios para alcançar o seu sonho: se tornar policial militar e lutar por igualdade e justiça. Entretanto, encontros inesperados e conexões com um mundo sensível irão trazer o desequilíbrio necessário para que ele desconstrua paradigmas, quebre barreiras e supere obstáculos.

As lendas de Gandhor: a revelação é uma trama ficcional que recupera o folclore regional, mescla ficção científica com temas atuais e polêmicos, como preconceito, desigualdade social, divergências políticas, ideológicas e de crenças, catástrofes naturais e identidade de gênero. A narrativa em primeira pessoa e o enredo bem-estruturado atraem a atenção do leitor, e o pacto ficcional é naturalmente estabelecido. A partir de então, seguimos viagem com Juan, somos cúmplices dos seus segredos, companheiros em suas aventuras e mergulhamos profundamente nesse processo de descobertas maravilhosas. 

Nesse caminho, aprendemos que é preciso destruir o velho para construir o novo, e que, se somos merecedores, teremos sempre uma segunda chance. Afinal, como já disse José Luandino Vieira, "ser só não chega, é preciso que queiras, que estejas sendo diariamente, que não nos deixemos ser. Ser é passado logo na hora que és". 

Espero que, assim como eu, muitos leitores se permitam sentir a felicidade dessa leitura leve, intensa e enriquecedora. 


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo